Navio militar americano está atracado no Porto de Luanda

O navio USS Hershel “Woody” Willliams (ESB4), da Marinha de Guerra dos Estados Unidos da América, encontra-se, desde terça-feira, atracado no Porto de Luanda, no âmbito das operações da “Sexta Frota”.

Trata-se da primeira visita de um navio dos EUA a Angola, desde 2015. O encarregado de Negócios da Embaixada dos Estados Unidos, Greg Segas, disse, à imprensa, que a presença do navio em Angola enquadra-se no âmbito da cooperação militar entre os dois países. “Esta visita é um símbolo importante para o fortalecimento das relações” bilaterais, frisou Greg Segas.

Uma nota da Embaixada dos Estados Unidos em Angola adianta que USS Hershel “Woody” Willliams (ESB4) está a realizar missões na área da Sexta Frota, que cobre, aproximadamente, metade do Oceano Atlântico, desde o Oceano Ártico à Costa da Antártica e quase todo o continente africano.

A Sexta Frota dos Estados Unidos, com sede em Nápoles, Itália, conduz todo o espectro de operações conjuntas e navios, muitas vezes em conjunto com parceiros aliados e inter-agências, a fim de promover os interesses nacionais dos EUA, segurança e estabilidade na Europa e em África.

“Ao longo da última década, os países do Golfo da Guiné aumentaram constantemente a sua capacidade de trabalhar juntos e compartilhar informações. Angola é um membro chave desta comunidade e o Departamento de Defesa dos EUA está empenhado em garantir relações e cooperação estratégicas fortes”, lê-se na nota.

O navio é altamente flexível e pode ser usado numa ampla gama de operações militares, apoiando várias fases operacionais. Actua como uma base marítima móvel. Mede 239,3 metros de comprimento e 50 de largura.

Antes de deixar Luanda, no final da tarde de hoje, é realizada uma mesa-redonda, numa unidade hoteleira da capital, focada no tema “Mulher, Paz e Segurança”, para destacar a importância da inclusão na política de defesa.

Fonte: Jornal de Angola
Ver artigo em: https://www.jornaldeangola.ao/ao/noticias/navio-militar-americano-esta-atracado-no-porto-de-luanda/