Recruta-se Conselheiro Sénior de Assets não Operados

Recruta-se Conselheiro Sénior de Assets não Operados

Recruta-se Conselheiro Sénior de Assets não Operados

A Eni está a recrutar um Conselheiro Sénior de Assets não Operados para Luanda, em Angola.

Funções

  • Actuar como Líder Técnico da força de trabalho técnica de Assets Não Operados, activando os recursos a serem envolvidos e definir o escopo e definir o cronograma bem como a trabalhar interactivamente entre os departamentos e preparar em conjunto a análise e os resultados (resumo, conclusões e recomendações podem ser na forma de um e-mail, PPT ou relatórios curtos)
  • Participar como consultor técnico dos comités técnicos e workshops de Joint Ventures
  • Endossar, do ponto de vista técnico, os pedidos de aprovação de AFEs e Contratos
  • Monitorar e desafiar, do ponto de vista técnico, a proposta e as estratégias das Joint Ventures Operadas
  • Participar na avaliação do orçamento para os activos não operados

Requisitos

  • Conhecimentos de gestão de projectos na indústria petrolífera
  • Conhecimento das operações da indústria de petróleo
  • Bons conhecimentos de gestão
  • Bons conhecimentos de processos organizacionais
  • Bons conhecimentos de negociações
  • Bons conhecimentos de planeamento e controlo
  • Bons conhecimentos de orçamento e análise de custos
  • Domínio da língua inglesa
  • Licenciatura em Engenharia ou formação profissional complementada aos anos de experiência
  • Experiência mínima de 10 anos na indústria petrolífera

Notas

  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactado

Como se Candidatar

1. Documentação

  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
  • Diplomas

2. Candidatura

  • Envie um email para [email protected] e indique o assunto “Conselheiro Sénior de Assets não Operados”

Perfil da empresa

  • A Eni é uma companhia integrada de energia, comprometida no desenvolvimento das actividades de pesquisa, produção, transporte, transformação e comercialização de petróleo e gás. Possui operações globais activas, aproximadamente em 80 países
  • A Eni está presente em Angola a cerca de 30 anos, e recentemente sendo operadora, encontra-se em fase de grande expansão e investimento.

Leave a Reply